Sigam-me os bons!

Publicado por bemd
8 de junho de 2011
A equipe BEMD se revezou na semana passada para comparecer ao 4º Fórum Internacional de TI do Banrisul. Nos dias 31 de maio e primeiro de junho, no Teatro do Bourbon Country, ocorreram diversas palestras e debates sobre redes
sociais, mobilidade e negócios com segurança. Contando com palestrantes ilustres, como Rafinha Bastos, um dos twitteiros mais famosos e influentes do momento, o fórum discorreu sobre a importância de se manter conectado com os públicos
e, principalmente, como adequar a linguagem de modo a gerar interesse e real conexão com essas pessoas.
Uma abordagem interessante, trazida por Sílvia Bassi (IDG Brasil), é a de que uma empresa não pode esperar grande retorno nas redes sociais se, em seu habitat, ou seja, sua sede, não permite que seus funcionários entrem em contato com as
ferramentas. Dentro das redes sociais, além da expansão, foi delineado o seu uso como forma de Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), inclusive com registro na diminuição de ocorrências telefônicas devido ao serviço prestado nas
novas mídias.
Entre tantas novidades – Twitter, Facebook, LinkedIn, FourSquare, Instagram, entre muitas outras -, a sutil diferença reside no fato de aceitar que o mundo mudou, a comunicação também, e é preciso manter as portas abertas às atualizações para não perder o rumo e, por consequência, seus seguidores (com o perdão do trocadilho).
Confira dois vídeos que assinam embaixo do que você acabou de ler:
http://www.youtube.com/watch?v=CbolNG66l_A
http://www.youtube.com/watch?v=i7lwst49a5g

A equipe BEMD se revezou na semana passada para comparecer ao 4º Fórum Internacional de TI do Banrisul. Nos dias 31 de maio e primeiro de junho, no Teatro do Bourbon Country, ocorreram diversas palestras e debates sobre redes sociais, mobilidade e negócios com segurança. Contando com palestrantes ilustres, como Rafinha Bastos, um dos twitteiros mais famosos e influentes do momento, o fórum discorreu sobre a importância de se manter conectado com os públicos e, principalmente, como adequar a linguagem de modo a gerar interesse e real conexão com essas pessoas.

Quarto Fórum Internacional de TI Banrisul

Uma abordagem interessante, trazida por Sílvia Bassi (IDG Brasil), é a de que uma empresa não pode esperar grande retorno nas redes sociais se, em seu habitat, ou seja, sua sede, não permite que seus funcionários entrem em contato com as ferramentas. Dentro das redes sociais, além da expansão, foi delineado o seu uso como forma de Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), inclusive com registro na diminuição de ocorrências telefônicas devido ao serviço prestado nas novas mídias.

Entre tantas novidades Twitter, Facebook, LinkedIn, FourSquare, etc. , a sutil diferença reside no fato de aceitar que o mundo mudou, a comunicação também, e é preciso manter as portas abertas às atualizações para não perder o rumo e, por consequência, seus seguidores (com o perdão do trocadilho).

twitter-2 facebook linkedin foursquare

Confira dois vídeos que assinam embaixo do que você acabou de ler:

Crianças

Gráficos

Categorias: Campanhas Digitais ,Marketing

Deixe uma resposta